HABEAS CORPUS

HABEAS CORPUS

HABEAS CORPUS – MULHER NOS CANTOS DO MAR”, um experimento artístico que abriu a programação do seminário internacional Trans-In-Corporados: Construindo Redes para a Internacionalização da Pesquisa em Dança (http://labcritica.com.br/trans-in-corporados2017/)

“O canto de exposição e passagem pode ser o canto da porosidade, das fronteiras, da performance e do debate. O espaço do MAR e no espaço que se inscreve entre o Cais e o Mar, estão entre os territórios de exposição e a micro-politica. Estamos convocando todxs as vozes que persistem, lutam e (de)clamam pelos diretos humanos e o desencarceramento em todas as multiplicidades de causas para reverberar em um território que é pouco penetrado nessas questões, o campo da cultura/ dança/ corpo/ artes por isso vemos como um modo de fazer político estarmos todxs de CORPO presente.”

O “ato de fala” abriu o evento do seminários, que teve início no Auditório com palestra sobre as mães dos desaparecidos chilenos e o evento teve recepção na entrada do Mar, com mulheres pernambucanas batendo pano evocando as lavadeiras da praça Mauá.

A performance foi selecionada pela curadoria LabCrítica http://labcritica.com.br e MAR para participação no Seminário proposto pela UFRJ em parceria com o Festival Panorama – festival internacional de dança e performance.

 

 

Data:: dia 10 de novembro às 9:30
Local :: MAR Museu
Duração:: 30 minutos

Coordenação: Daphne Madeira e Paula Maracajá
Realização: Coletivo Em Silêncio

artistas e militantes participantes: 

Carolina Marques, Daphne Madeira, Etiane Eraldi, Gabriela Geluda, Giselle Oli, Jean Dumas, Maria Elvira Machado, Mariana Martins, Nathalia Roscoe, Paula Lopes, Paula Maracajá, Raquel  Rodrigues Braga, Raquel Tonette, Tábata Scher.

MOVIMENTOS POÉTICOS

1o Movimento – Murmúrio e sussurro

Vocal com Gabriela Geluda

2o Movimento – Palavras Off (pesquisação #Poros, 2015)

Textos do Coletivo em Silencio e atos de falas 

3o Movimento

10 bailarinos de Coletivos de Dança Urbana

#ColetivoEmSilencio
#Desencarceramento
#HabeasCorpus

error: Content is protected !!